Canela,

22 de maio de 2024

Anuncie

Ju Alano

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Juliana Alano

QUANTO VALE SEU PRODUTO OU SERVIÇO? • Juliana Alano

Compartilhe:

Caro leitor, tenho escutado muito dos clientes que depois da pandemia as pessoas só querem saber de preço baixo. Aí eu me questiono o que é um preço baixo? Para um pai de família com um salário mínimo a proporção é bem diferente de um milionário com certeza.

Escutei em um treinamento de vendas do Ricardo Cattani que se o nosso único diferencial for preço é melhor fechar as portas. Fato é que se você tem um produto ou serviço que resolve a dor de uma pessoa ela vai comprar, claro que o preço importa, até porque existe concorrência, mas qual o seu diferencial? Está no atendimento, qualidade, prazo de entrega ou outros? Entendam que o preço implica na tomada de decisão, mas ele não pode ser o único motivo.

Prestar serviço de qualidade exige investimentos, por exemplo, já contei com vocês em outras oportunidades que investi mais de meio milhão em qualificação, tenho mais de 15 anos de atuação na área e não vou conseguir vender para todo mundo, só vendo para os empresários que entendem o meu serviço como um investimento necessário para o crescimento da sua lucratividade.

• SIGA A JULIANA NO INSTAGRAM

Recebo ligações com constância querendo saber quanto “custa”, a pergunta que eu devolvo é – quanto está custando ficar onde você está?  Só tem uma forma de resolver: ou você tem o conhecimento ou terá que pagar para alguém que o tenha.

Sempre penso duas vezes antes de questionar o valor de um prestador de serviço, porque se ele cobra a quantia baseado na sua qualificação e prestação de serviço, mas na compra de produtos eu pechincho mesmo! E aí dá quem pode ou quer.

Quero te pedir um favor muito grade, não venda nada baseado no valor que seu vizinho está cobrando. Seja justo com você, calcule seu custo fixo e veja quanto te custa abrir a empresa no dia 1 de cada mês, até porque trabalhar para trocar figurinha não vai te levar a lugar nenhum, apenas para o endividamento.

Já dizia Menegucci: “Quando VOCÊ agrega VALOR ao produto, ELE se torna BARATO!”.