Canela,

20 de abril de 2024

Anuncie

Suspeitos de envolvimento em homicídio são presos pela PC em Gramado

Compartilhe:

Na noite de quinta-feira (27), a Polícia Civil cumpriu mandados de prisão preventiva contra dois suspeitos (homem e mulher) de envolvimento em homicídio ocorrido em Gramado na noite de 19 de abril deste ano, quando um homem foi executado com diversos disparos de arma de fogo no interior de uma casa na área central da cidade.

Os dois suspeitos que tiveram as prisões decretadas pela Justiça, com parecer favorável do Ministério Público, já se encontravam recolhidos ao sistema carcerário, sendo as respectivas casas prisionais comunicadas das novas prisões decretadas no âmbito da investigação do homicídio.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

O homem, conforme as investigações da Polícia Civil, é apontado como mandante e mentor do homicídio, responsável pela organização e logística do plano criminoso. O suspeito já se encontra preso há vários anos, sendo um dos gerentes locais de organização criminosa com forte presença no narcotráfico na cidade. Conforme a Polícia Civil, o referido criminoso, mesmo recolhido, segue gerenciamento parte da venda de drogas na cidade, além de ser responsável por comandar e articular homicídios ao longo dos últimos anos, como as apurações indicam que também ocorreu neste último caso.

A mulher foi presa em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas na quinta-feira, dia 20 de abril, horas após o homicídio, sendo apreendidas em seu poder drogas fracionadas para a venda (maconha e cocaína), smartphones e outros objetos. Outras duas pessoas (um homem e uma mulher) que estavam na casa também foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Segundo as investigações, no momento, não há informações do envolvimento destas no homicídio. Todos foram recolhidos ao sistema prisional.

As investigações da Polícia Civil também apontam que a mulher investigada foi a responsável por mostrar aos executores do crime onde a vítima estava residindo, possibilitando que o homicídio fosse consumado. Apurou-se que a investigada conhecia a vítima e sua contribuição foi fundamental ao êxito da empreitada criminosa. Constatou-se, ainda, que ela vendia drogas sob comando do suspeito também preso por ser o mandante e organizador do crime.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

As prisões foram realizadas pela Delegacia de Polícia de Gramado, responsável pelas investigações do homicídio, que prosseguem no sentido de identificar os demais envolvidos no crime. Ainda segundo a Polícia Civil, o crime guarda relação direta com o tráfico de drogas, inclusive a vítima também já havia sido presa por envolvimento no narcotráfico.

Foto: Reprodução/Polícia Civil