Canela,

20 de abril de 2024

Anuncie

Audiência pública na UCS inicia debate sobre o papel das universidades comunitárias no Estado

Compartilhe:

Foto: Bruno Zulian

Evento realizado na manhã desta segunda-feira, 29, reuniu estudantes universitários e autoridades políticas e acadêmicas

O alinhamento de discursos propondo o resgate do Ensino Superior de forma prática e democrática foi um importante diferencial da audiência pública O Papel das Universidades Comunitárias no RS e a Facilitação do Acesso ao Ensino Superior, realizada na manhã desta segunda-feira (29) no Salão de Atos da Reitoria da Universidade de Caxias do Sul. Foi o primeiro de uma série de 14 encontros propostos pela Comissão Especial das Universidades Comunitárias da Assembleia Legislativa do Estado, presidida pelo deputado estadual Rafael Braga. As outras audiências serão realizadas nos próximos meses pelas demais instituições que integram o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung).

O resultado da série de encontros iniciada na UCS será um relatório que vai apontar as principais demandas das universidades comunitárias e propor soluções efetivas para que essas instituições resgatem seu potencial na geração do conhecimento. O diagnóstico geral apresentado na primeira audiência mostra uma considerável evasão do público universitário – muito devido aos efeitos da pandemia de Covid 19. “Estamos protagonizando e iniciando hoje um evento único, que será definitivo para reposicionar as universidades universitárias como agentes fundamentais nesse processo de transformação social”, observou o presidente do Comung e reitor da Unisc, Rafael Frederico Henn. 

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

A UCS foi escolhida para sediar a primeira audiência pública pelo seu protagonismo e abrangência regional. O reitor da Instituição, Gelson Leonardo Rech, que também é secretário do Comung, destacou o potencial das universidades comunitárias devido ao modelo com que prestam assistência ao poder público, às iniciativas privadas e às entidades de classe. “Essas parcerias e essa troca de conhecimento precisam ser aprofundadas para que a sociedade se beneficie em áreas como educação, saúde, pesquisa e desenvolvimento econômico”, exemplificou Rech.       

O presidente da Comissão Especial das Universidades Comunitárias da Assembleia Legislativa do Estado, deputado estadual Rafael Braga, ficou satisfeito com a adesão do público, formado por outras autoridades políticas, acadêmicas e por representantes da classe estudantil. “É por vocês (estudantes) que estamos aqui, e para que os mais variados agentes da sociedade apresentem as suas percepções e as suas propostas. Vamos trabalhar na elaboração de um relatório importante para que tenhamos um documento que norteie as ações das universidades comunitárias na captação de novos alunos e na melhoria de suas estruturas, por meio de parcerias público-privadas, de acordo com a demanda de cada região do Estado”, comentou Braga.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Sobre o Comung

Em 1993, um grupo de instituições comunitárias do Rio Grande do Sul constituiu o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung). Implantado oficialmente em 27 de abril de 1996, o Consórcio é formado por 14 Instituições de Ensino que abrangem quase todos os municípios do Estado e prestam relevantes serviços de interesse comunitário, com destaque para a educação e a saúde.

Confira a audiência no canal da UCS no Youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=_FuwDcIWJ2w