Canela,

23 de maio de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

OPINIÃO FORTI • A Eficiência e a Eficácia

Compartilhe:

As vezes em conversa com amigos surgem dúvidas sobre o quanto uma pessoa é eficiente ou sobre se tal medida é eficaz, por exemplo. Longe de mim querer ser professor de português ou dar aula de interpretação de texto, por isso mesmo fui ao ChatGPT (olhem como estou moderno) e pedi uma breve explicação.

Segundo o próprio: “Eficiência refere-se à capacidade de realizar uma tarefa ou atingir um objetivo utilizando os recursos disponíveis de forma otimizada. Está relacionada ao uso eficiente dos recursos, como tempo, dinheiro, energia e materiais.” Já a eficácia segundo o meu amigo é: “a capacidade de atingir um objetivo ou produzir um resultado desejado. É a medida do quão bem uma tarefa é realizada em termos de alcançar seus objetivos planejados.”

Escrevo isso porque de novo vamos a discussão sobre a criação de novos cargos de confiança a qual o nosso atual governo define como extremamente necessária. Fico me perguntando: atualmente, quantos trabalhadores do atual quadro tem sua produtividade medida e de que forma se define se as atuações dos mesmos são eficientes para tornarem os processos eficazes?

Acredito sinceramente que faltem mecanismos para se definir se os setores que fazem a roda do nosso município girar estão entregando o que se propõem. Nossa cidade hoje tem mais de 50 mil habitantes e tem um número de cargos de confiança muito alto.

• SIGA O MÁRCIO NO INSTAGRAM

Caxias do Sul tem cerca de um cargo de confiança para cada 2.900 habitantes. Canela tem um para cada 265! (número de habitantes segundo o último censo). Me parece um tanto quanto discrepante. Acredito que não estejamos sendo eficientes em diversos setores e creio que existam medidas eficazes para que isso seja resolvido. Os vereadores também devem se envolver e no mínimo propor soluções. Qual o custo mensal dessas contratações? Qual o retorno das mesmas? É sabido que áreas como meio ambiente e turismo estão precisando de pessoal. Mas e outras tantas? E mais uma questão: e a parte técnica? E os concursados? São parte essencial no processo e deveria existir uma preocupação muito maior com esse tipo de contratação.

Que fique claro que sou a favor de que as coisas aconteçam de forma eficaz, mas precisamos ser eficientes, além de efetivos (vixe será que terei que ir de novo ao ChatGPT? Fica pra próxima coluna!)

Gilberto Cezar e a Renúncia!

Não me surpreendeu a renúncia do nosso, agora, ex vice-prefeito Gilberto Cézar. Me pareceu coerente com seus últimos posicionamentos. Tanto ele quando nosso prefeito Constantino Orsolin não falavam a mesma linguagem há bastante tempo. Resta saber quais os próximos passos de Gilberto, politicamente falando, assim como o seu partido. O PSDB deve ter muitas mudanças no seu quadro político. Mas fica claro que o tabuleiro das próximas eleições já está sendo movimentado!