Canela,

18 de maio de 2024

Anuncie

Patram realiza salvamento de Coruja Mocho-Diabo em Canela

Compartilhe:

Nesta segunda-feira (12), policiais militares do 2º Pelotão de Policiamento Militar Ambiental de Canela, realizaram o recolhimento de uma ave silvestres da espécie coruja mocho-diabo encontrada por uma moradora no pátio de sua residência. O animal não apresentava ferimentos visíveis e foi solto em seu habitat natural em local de incidência de outros animais da mesma espécie.

O Mocho-preto, também conhecida como coruja-diabo e mocho-do-diabo é uma ave nativa do Brasil, possui tamanho médio-grande, variando de 40 a 43 cm (macho) e de 38,5 a 47,5 cm (fêmea) e pesando de 311 a 685g (macho) e de 411 a 680g (fêmea). É uma coruja estritamente noturna, e costuma esconder-se durante o dia em densa folhagem ou galho de árvore coberto com epífitas, geralmente perto do tronco.

No Brasil, ocorre nos estados do Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal, mas eventualmente pode ser avistada em áreas urbanas arborizadas como grandes parques em metrópoles como São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte.