Canela,

17 de junho de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

OPINIÃO FORTI • O Surreal Momento do Trânsito da Região

Compartilhe:

Nessa última terça-feira tive que levar meus pais a consultas médicas em Gramado. Horário do meio da manhã, geralmente o trânsito tem certa fluidez nas nossas cidades. A ida até correu bem com alguns pontos demorados. Agora a volta foi algo inacreditável.

Primeiro ponto de tranqueira na 235, uma obra da EGR no primeiro controlador de velocidade. Trânsito parado, fiquei preso por cerca de 10 minutos. Começa a fluir até o Mundo a Vapor, vem o inacreditável quebra-molas/redutor de velocidade que é quase um morro daquele lado e começa novo congestionamento: uma blitz da Polícia Rodoviária. Mais alguns minutos trancado até chegar na entrada de Canela, aonde novamente o trânsito para, ainda mais porque a Osvaldo Aranha hoje está em mão única para a montagem da decoração da temporada de inverno. Quase 30 minutos para ir de uma cidade a outra, coisa que levaria no máximo dez.

Longe de mim achar que as coisas não precisam ser feitas mas, aprendi por A mais B, que se comunicar e alinhar ações é o mote para quem quer chegar longe. Tenho alguns amigos próximos e chegamos a ter 10, 15 grupos de whatsapp em comum, tudo porque existem tópicos específicos sobre diversas questões. Vamos viajar: grupo da viagem. Vamos fazer um churrasco no final de semana: grupo de whats do churras. Tem grupo de time de futebol, tem grupo de fofoca (não é possível) e tem grupo paralelo de grupo. É assim a vida e é assim que as coisas andam.

• SIGA O MÁRCIO NO INSTAGRAM

Eu queria acreditar que poder público municipal, governo do estado, EGR, CEEE, Corsan e PRE se comunicam. Mas creio piamente que não exista nenhum diálogo reto entre esses órgãos. Nos últimos dias vemos CEEE trancando rodovia, CORSAN rasgando a cidade de cima abaixo sem nem dar uma previsão concreta de conclusão, PRE fazendo ações em momentos inoportunos, prefeitura trancando diversas vias e RGE fazendo obra atrás de obra sem ninguém se entender.

O colunista sabe da importância de tudo isso que está sendo feito, mas existem métodos e também poderia existir mais comunicação e planejamento. Isso que nem estou falando nas diversas vias que ficam trancadas por obras particulares. Tudo isso é muito necessário, mas tudo ao mesmo tempo? Sério? Não seria bom um calendário aonde todo mundo trabalharia de forma ordenada e sem atrapalhar o cidadão que paga, e caro, por tudo isso que é feito? Criem um grupo de whatsapp e se entendam, parece uma solução simples, mas sendo sincero é capaz de funcionar. Porque do jeito que está, não tem condições.

Lendários

Em breve farei mais um texto sobre nossos queridos lendários de Canela. Nossa comunidade se despediu de pessoas incríveis nos últimos dias. O Adir José Denardi, barbeiro de todas as gerações. Antes de barbearias tomarem conta de todos os lugares da cidade o Adir já tinha cortado e feito a barba de quase todo mundo por aqui. Seu Benno Saul que nos deixou essa semana, dono do Mercado Popular, onde hoje é uma Farmácia São João na Julio de Castilhos. São diversas histórias envolvendo seu Benno, inclusive a de que ele não deixava ninguém comprar muitas unidades de um mesmo item: tempos de hiperinflação. E também a dona Zenaide Abreu que é muito bem quista por todos do Saiqui e foi uma professora que deixou um legado de amor sensacional. Que o nosso Deus os receba com muita alegria porque aqui na cidade eles sempre serão lembrados!