Canela,

18 de abril de 2024

Anuncie

Curso superior de Gestão do Turismo inaugura portfólio UCS Digital, que projeta totalizar oferta de 20 graduações até final de 2023

Compartilhe:

Foto: Diego Javier Pereira Rodo

Conceito une os benefícios do ensino a distância a vivências universitárias e oportunidades presenciais multicampi. Com cursos de curta duração, possibilita a conquista do diploma em dois anos

Unir os benefícios do ensino a distância à oportunidade de experienciar presencialmente a vida universitária, em contato com colegas e professores, é a proposta do conceito UCS Digital, materializado na quarta-feira, 28 de junho, a partir do lançamento do curso superior de tecnologia em Gestão do Turismo. Os acadêmicos terão as aulas EaD autoinstrucionais e aulas síncronas on-line (cuja transmissão também poderá ser acompanhada em todos os campi), somadas a encontros presenciais de produção real. O networking também será impulsionado a partir de visitas técnicas e viagens de estudo.

No mesmo formato, a UCS apresenta nesta quinta-feira, 29 de junho, o curso de Gestão de Cooperativas. Até o final de outubro, a projeção é que sejam lançados mais 18 cursos com esse perfil, completando um portfólio de 20 graduações no modelo.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Circuito de Aprendizagem

O formato modular permite a conquista do diploma de graduação em dois anos em um circuito de múltiplas experiências. A trilha de aprendizagem fundamenta-se na tríade “Conecta”: que inclui comunidade virtual de prática e conexão em tempo real; “Live Training”: com aula semanal on-line síncrona, em contato com colegas e professores; e “Bootcamp”: com projetos temáticos que incluem encontros de produção real nas unidades universitárias, para integração de saberes e consolidação de aprendizados.

O reitor da UCS, professor Gelson Leonardo Rech, pontua a característica híbrida como diferencial, na promoção de contato com docentes e colegas, na produção de atividades, e de um roteiro de estudos fiel à excelência. “O conhecimento modifica as pessoas. E nossos campi são ambientes de convivência, de vivência acadêmica, o que oportuniza aprendermos uns com os outros. Esse modelo de curso representa mais uma entrega da nossa Universidade para o desenvolvimento regional”, afirma o reitor, “ao capacitar para a geração de interesses turísticos e renda para os municípios, despertando gosto pela beleza, pela culinária e pelos negócios”.

O curso de Gestão do Turismo nasce fundamentado na expertise institucional na área, em que atua desde 1978. A qualificação no segmento também é possível a partir de bacharelado, cursos de pós-graduação lato sensu e, no stricto sensu, da oferta de mestrado e doutorado no único Programa de Pós-Graduação em Turismo e Hospitalidade do Rio Grande do Sul.

Mercado em Crescimento

Entusiasta do turismo, o professor Maguil Marsilio, coordenador do novo curso e profissional da área desde 1998, ressaltou o potencial da graduação. “O turismo é um fenômeno social”, definiu, na promoção de experiências capazes de mudar as pessoas ao ampliar a visão de mundo. “O turismo fomenta a qualidade de vida onde ele é inserido. Esse é o grande elemento que podemos desenvolver na Serra Gaúcha, valorizando nossa cultura local, toda a nossa história e cuidando do nosso morador”. O curso contribui a esse processo de desenvolvimento, já que o mercado demanda articulação de toda a sociedade.

O professor acrescenta que a área, consagrada globalmente e considerada uma economia limpa, registra crescimento superior aos demais setores. “Um a cada cinco novos empregos gerados está no turismo. Na Serra Gaúcha, temos a previsão de mais de 5 mil vagas de emprego no setor”.

A base das transmissões das aulas será a Escola de Gastronomia da UCS em Flores da Cunha, município que junto à UCS dedica esforços em atenção ao turismo. O prefeito César Ulian reafirmou o incentivo à formação das pessoas na cidade, ilustrado a partir do subsídio em transporte gratuito para estudarem nas universidades da região. “O curso vem ao encontro do potencial que se percebe em Flores da Cunha e região”, celebrou, com um formato que poderá contribuir ao perfil do empreendedor local, com negócios de característica familiar. “O turismo como um potencial de desenvolvimento econômico demanda preparação”, defendeu.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Redescobrir o Brasil

Em sua participação, o jornalista egresso da UCS e criador de conteúdo Diogo Elzinga, que retrata em vídeos e palestras cultura, história e lugares de todo o Brasil, promoveu uma reflexão sobre porque se conhece tão pouco da região e do Brasil, e os estereótipos conectados a esse desconhecimento. Destacando belezas e potenciais de localidades regionais, definiu a cooperação, considerando atrativos, hotelaria, restaurantes e mídia, como segredo para potencializar o conhecimento sobre as atrações. Nesse contexto, “a mídia somos todos nós, ao ‘vender’ os lugares que a gente vive com orgulho”.

O evento, na Escola de Gastronomia da UCS, teve transmissão on-line. Confira!