Canela,

19 de maio de 2024

Anuncie

Delegada Nadine visita Canela e fala sobre projetos que beneficiarão a cidade

Compartilhe:

Deputada estadual foi a sexta mais votada na cidade e tem a segurança e a autonomia da mulher como suas principais bandeiras

A deputada estadual Delegada Nadine esteve na região cumprindo agenda política e participou de um encontro com o diretor da Folha Multimídia, Francisco Rocha, na manhã desta quinta (29).

A delegada de Polícia Nadine Tagliari Farias Anflor (PSDB) está em seu primeiro mandato, tendo obtido

Com 40.937 votos, sua maior votação foi em Porto Alegre (12.271), mas em Canela foi a sexta candidata que mais recebeu votos (509), tendo sido bem lembrada pelos eleitores também em outras cidades da região.

“Preciso agradecer a Canela pelo carinho comigo durante a campanha, sempre que posso volto aqui, não como turista, mas como deputada, para auxiliar nas políticas públicas”, disse a delegada que iniciou sua trajetória no Poder Judiciário, mas migrou para a Polícia Civil em 2004, aonde permaneceu até o final de 2022, quando se afastou para assumir sua cadeira na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Nadine atuou como Chefe de Polícia do RS em 2019, se desligando ano passado para a eleição. A frente do cargo teve a oportunidade de conhecer a região e o Estado, além de ver de perto os principais problemas causados pela criminalidade.

“Sou oriunda da segurança pública, área de muito interesse do turismo, que é a principal atividade da região”, destacou. Um dos focos que a deputada trabalha é garantir a autonomia da mulher, que, segundo ela, é o principal fator para diminuir a violência.

“A mulher autônoma tem mais chances de se afastar do agressor e levar a sua vida adiante”, explica. Por este motivo, criou a Frente Parlamentar do Empreendedorismo Feminino e da Força da Mulher Gaúcha. “Precisamos de políticas públicas efetivas para valorizar a mulher e alcançarmos o fim da violência. Temos muitos exemplos, aqui mesmo em Canela, de mulheres que estão à frente de negócios ou que são líderes em seus segmentos, porém, isso não significa que uma mulher que seja dona de casa não alcance a sua autonomia. É neste sentido que estou trabalhando.

Entre outras pautas de interesse da região está um projeto de sua autoria que visa flexibilizar o PISEG – Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública (Piseg) possibilita a empresários destinar até 5% do saldo devido de ICMS ao Estado para investimento na segurança pública.

Hoje, o programa permite apenas o investimento em veículos, armamento e equipamentos. O projeto que já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e na Comissão de Segurança Pública deve ir à votação no plenário em breve. Se aprovado, permitirá que este valor do PISEG seja investido em melhorias dos prédios das forças de segurança, como os quartéis de Bombeiros e Brigada Militar e, claro, nas delegacias de Polícia Civil.

“Isso tem a ver com oferecer um prédio a altura de cada cidade, que é o caso de Canela e Gramado, além de investir na dignidade do servidor das forças de segurança”, finalizou a deputada.

Foto: Aline Hedlud