Canela,

20 de maio de 2024

Anuncie

Estudos do Seminário Internacional de Língua, Literatura e Processos Culturais compõem obra editada pela EDUCS

Compartilhe:

Publicação é do Programa de Pós-Graduação em Letras e Cultura da Universidade, realizador do evento. Lançamento ocorre nesta sexta-feira, dia 14 de julho, na UCS Livraria

O Programa de Pós-Graduação em Letras e Cultura (PPGLet) da Universidade de Caxias do Sul lança a versão impressa dos anais do V Seminário Internacional de Língua, Literatura e Processos Culturais (SILLPRO). Organizada pelo coordenador do Programa, professor Márcio Miranda Alves, e pelo mestrando Ronaldo Velho Bueno, a publicação conta com 37 artigos de pesquisadores de todas as regiões do Brasil, resultado dos simpósios temáticos realizados de forma on-line em novembro de 2022.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

O lançamento ocorre no dia 14 de julho, a partir das 17h, na UCS Livraria. Editada pela EDUCS, a versão impressa foi financiada com verba da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O conteúdo também está disponível para download gratuito no catálogo on-line da editora. É possível, ainda, baixar o e-book contendo resumos de outras 30 pesquisas apresentadas no seminário. “O SILLPRO é um evento consolidado na área de Letras no Brasil. A reunião desses trabalhos, que são resultado de pesquisas relevantes para o debate acadêmico, presenteia não apenas professores e alunos, mas também a própria ciência da linguagem em suas mais diversas manifestações”, afirma o professor Márcio Miranda Alves, coordenador do PPGLet.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

A quinta edição do SILLPRO teve como tema “Vozes do Sul Global”, promovendo diálogo entre pesquisadores e público em geral, a partir de estudos que questionam a exaustão do modelo racional moderno e propõem novos modelos de reflexão crítica. Em três dias de evento, foram apresentados mais de 180 trabalhos. Também participaram conferencistas de universidades brasileiras e do exterior, como María Marta García Negroni, da Universidad de Buenos Aires. A programação contemplou ainda a realização de minicursos e lançamentos de livros.