Canela,

22 de fevereiro de 2024

Anuncie

Sete Escolas Municipais receberão guaritas para abrigar guardas

Compartilhe:

Foto: Rafael Zimmermann

João Alfredo (Sesi), Noeli Silva de Azevedo e Souza (Santa Marta), Tio Beto (Canelinha), Severino Travi (Distrito Industrial), Barão do Rio Branco (Saiqui), Dante Bertoluci (São Luiz) e Ernesto Dornelles (Boeira) são as instituições contempladas nesta etapa

O prefeito Constantino Orsolin assinou na manhã desta segunda-feira (17) a Ordem de Início de Obra para a construção de guaritas em sete Escolas Municipais. O ato contou com a presença da secretária de Educação, Esporte e Lazer, Janete da Silva Santos e do secretário Adjunto da pasta, Roberto Oliveira. A empresa vencedora do processo licitatório e responsável pelas obras é a Verdi Sistemas Construtivos.

O investimento total será de R$ 535.438,96, sendo que cada guarita custará R$ 76.491,28 aos cofres municipais. As escolas contempladas nesta primeira etapa serão: João Alfredo (Sesi), Noeli Silva de Azevedo e Souza (Santa Marta), Tio Beto (Canelinha), Severino Travi (Distrito Industrial), Barão do Rio Branco (Saiqui), Dante Bertoluci (São Luiz) e Ernesto Dornelles (Boeira). As guaritas serão construídas em formato modular semelhante das novas escolas municipais.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

SEGURANÇA PARA COMUNIDADE ESCOLAR

O prefeito Constantino Orsolin destaca que a intenção é ampliar este serviço em um futuro próximo, beneficiando outras escolas e comunidades. “Com um local adequado os guardas municipais poderão desempenhar suas funções com ainda mais êxito, oferecendo segurança e tranquilidade aos alunos, pais e familiares”, avalia Orsolin.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Já a secretária de Educação, Janete da Silva Santos, lembra que recentemente instituições de ensino de todo o país enfrentaram um momento crítico de insegurança em virtude de ameaças e ‘fake news’ compartilhadas em redes sociais. Para Janete as guaritas, junto com o sistema de videomonitoramento, são ferramentas fundamentais para coibir delitos ou vandalismo. “Estamos investindo para melhorar a estrutura de segurança nas nossas escolas, além de manter contato direto com as forças policiais sempre que necessário”, comenta Janete.