Canela,

17 de maio de 2024

Anuncie

Polícia Civil abre inquérito para apurar circunstâncias do acidente que vitimou professora canelense

Compartilhe:

Foto: Corpo de Bombeiros de São Francisco de Paula

A Polícia Civil de São Francisco de Paula abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte da professora Luciana Leicini Oliveira, 41 anos, ocorrido no final da tarde da última segunda (7), no quilômetro 55 da RS 235, entre Canela e São Francisco de Paula.

As causas do acidente deverão ser apuradas na investigação. De acordo com a delegada titular da Delegacia de Polícia de São Francisco de Paula, Fernanda Aranha, uma perícia foi realizada no local e os laudos devem indicar as circunstância do ocorrido. A estimativa é que os resultados saiam em torno de um mês.

“Não há informações de terceiros no acidente”, diz a delegada, que complementa que também não há testemunhas para serem ouvidas.

Luciana estava sozinha no veículo e a suspeita, de acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), que atendeu a ocorrência antes da chegada da Polícia, é que ela tenha perdido o controle e saído da pista. Além da presença de neblina, havia acúmulo de água após pancadas de chuva na região.
Luciana era servidora do Município de Canela desde 2019 e atuava como professora na Escola Municipal de Educação Infantil Tia Ítala. A professora era servidora pública da área de Educação também em São Francisco de Paula. A Prefeitura de São Chico emitiu nota de pesar e decretou luto oficial de três dias.

A comunidade dos dois municípios também se manifestaram nas redes sociais, lamentando a perda de Luciana e prestando suas condolências à família. Ela foi sepultada nesta terça (9), no Cemitério do Morro Calçado, zona rural de Canela.