Canela,

12 de julho de 2024

Anuncie

Bom Jesus: quatro pessoas são presas pelo desaparecimento de caminhoneiro

Compartilhe:

Na tarde de hoje, quinta-feira (17), quatro indivíduos foram detidos em Bom Jesus sob suspeita de estarem ligados ao desaparecimento do motorista de caminhão, Luciano Boeira Melos, de 27 anos. Em 26 de julho, o homem saiu de sua residência com o propósito de encontrar uma mulher na região de Hortêncio Dutra, que está localizada no interior do município, e desde então, não foi mais avistado.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Segundo o delegado encarregado do caso, Gustavo Costa do Amaral, as identidades dos implicados não serão reveladas devido ao andamento das diligências de prisão. As investigações permanecem confidenciais. Entretanto, informações obtidas pelo portal GZH, onde a matéria foi originalmente publicada, sugerem que a mulher envolvida em um relacionamento com Luciano e o marido dela estão entre os suspeitos detidos hoje.

O casal havia sido questionado na Delegacia de Polícia de Bom Jesus na quarta-feira (16). Tanto o pai da mulher quanto o irmão do homem também foram submetidos a interrogatórios separados.

Até o momento, o paradeiro do corpo de Luciano ainda é desconhecido. Na manhã de hoje, a Polícia Civil já havia mencionado a possibilidade de homicídio. No entanto, o delegado regional de Vacaria, Carlos Alberto Defaveri, não compartilhou os detalhes das evidências para não comprometer o progresso das averiguações:

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

— O inquérito policial está em andamento de forma confidencial, mas já possui substanciais elementos de convicção. A investigação policial continua, mas temos pistas que apontam para a suspeita de homicídio. Tratamos este caso como um homicídio qualificado. Os indivíduos suspeitos — a mulher envolvida em um relacionamento extraconjugal com Melos e o marido dela — foram interrogados ontem (quarta-feira), acompanhados por advogados, e optaram por exercer o direito ao silêncio, inclusive quando indagados sobre o paradeiro do corpo.