Canela,

18 de maio de 2024

Anuncie

Policiais Militares da Patram agem contra aterro ilegal de banhado em Canela

Compartilhe:

Na manhã desta segunda-feira, os Policiais Militares do 3° Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Canela responderam prontamente a uma denúncia de aterro ilegal de um banhado no bairro Sesi, no município de Canela.

Utilizando tecnologia de ponta, a guarnição empregou um drone para identificar e avaliar a extensão da área danificada. No local, foi constatado que aproximadamente 505 m² de um banhado haviam sido aterrados, com o uso indiscriminado de resíduos provenientes da construção civil, como tijolos e concretos.

A ação ilegal causou danos significativos ao ecossistema local, desencadeando preocupações sobre possíveis impactos ambientais e comprometendo a biodiversidade da área afetada.

Diante da situação, o responsável pelo aterro ilegal foi notificado pelas autoridades competentes. Conforme as regulamentações ambientais vigentes, ele está obrigado a apresentar o licenciamento ambiental apropriado para a atividade em questão. A notificação ressalta a importância do cumprimento das leis ambientais para preservar o equilíbrio ecológico da região.

As ações do 3° Batalhão Ambiental demonstram o compromisso contínuo das forças de segurança em proteger e preservar o meio ambiente, garantindo que transgressões contra a natureza sejam tratadas com rigor e que medidas adequadas sejam tomadas para reparar os danos causados.

A comunidade local é encorajada a denunciar atividades suspeitas que possam prejudicar o meio ambiente, colaborando assim na proteção dos recursos naturais e na promoção de um ambiente saudável para as gerações futuras. O respeito ao meio ambiente é uma responsabilidade compartilhada por todos, e a atuação das autoridades é fundamental para garantir a conservação dos nossos preciosos recursos naturais.