Canela,

22 de fevereiro de 2024

Anuncie

Jerônimo Terra Rolim cobra por solução do comércio ambulante no entorno da Igreja

Compartilhe:

O vereador Jerônimo Terra Rolim cobrou mais uma vez da Prefeitura sobre a falta de fiscalização sobre o comércio ambulante nas calçadas e no entorno da Igreja.

Rolim novamente ressaltou que aquele comércio é irregular e que aqueles vendedores não são povos indígenas originários, mas meros vendedores de mercadoria irregular.

O comércio ambulante é proibido em Canela, no entorno da Igreja e nas calçadas, razão pela qual o vereador Jerônimo cobra fiscalização e solução.

Rolim ressaltou que não é verdadeira a alegação de que o Ministério Público Federal teria determinado devolução de mercadorias apreendidas e proibido a retirada daquelas pessoas.

O vereador Jerônimo explicou que, na verdade, o Ministério Público emitiu uma “carta de recomendação”, sugerindo devolver eventuais mercadorias apreendidas.

Rolim já leu esta carta de recomendação do Ministério Público em Tribuna, comprovando que de fato não há ordem ou determinação do MP.

Na visão de Rolim, não só os comerciantes locais estão sofrendo prejuízos, mas a própria cidade está sofrendo falta de arrecadação, pois é um comércio irregular, ou seja, que não paga impostos.