Canela,

18 de maio de 2024

Anuncie

pao-de-juda.jpg

COLUNA PÃO DE JUDÁ

Pão de Judá

O DIA SEGUINTE • Pão de Judá

Compartilhe:

BLOG DA TV MENORAH

A expectativa e a ansiedade dominam a alma humana, por causa do dia seguinte. O dia seguinte é um dia carregado de mistérios, que poderá trazer coisas boas e maravilhosas como também tragédias que poderão abalar nossas vidas. Costumamos viver ancorados sentimentalmente aos bons ou aos maus momentos do passado. Nossas emoções são regadas diariamente por essas lembranças. Costumamos preocupar-nos e ficarmos ansiosos com o dia seguinte, mesmo sabendo que o futuro pertence somente a Deus e nós não temos domínio algum sobre ele. O dia seguinte, pode trazer-nos muitas surpresas. O que você faria se aquela pessoa em quem você tanto confia, a quem você tanto ajudou e quem usufruiu de seus afetos e seus bens, o traísse? O que você faria se um líder, modelo de homem sério e justo, a quem você tanto admira e respeita, cometesse um grave delito? O que você faria se fosse alvo de grave violência física? O que você faria se viesse a perder todo o seu patrimônio? Qual seria a sua reação diante dessas intempéries?

Houve dias na vida de Jesus que Ele só conseguia viver coisas absurdas e cruéis. Um dia, o seu dia seguinte, foi o dia do Getsêmani. Dia da depressão, da extrema agonia, do muito sofrimento, foi o dia do choro, do gemido e da solidão profunda. O dia seguinte ao do Getsêmani foi para Jesus o dia da traição, o dia em que Judas Iscariotes, discípulo, apóstolo e amigo, O trocou por dinheiro. Judas que fora premiado com o poder divino para realizar curas, prodígios e expulsão de demônios. O mesmo Judas que O beijava, apunhalava-O.

Outro dia seguinte de Jesus, foi o dia em que Pedro, discípulo e fiel companheiro, o negou três vezes. “Ele, porém, o negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes” (Mateus 26:70). “E ele negou outra vez, com juramento: Não conheço tal homem” (Mateus 26:72). “Então, começou ele a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem! E imediatamente cantou o galo” (Mateus 26:74). Isso foi doloroso para o homem Jesus, mas Ele venceu o dia seguinte, não teve reação de desespero nem de derrota, suportando todos os impactos do dia seguinte. Se andarmos com Jesus e seguindo-O, também iremos vencer. “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” (Mateus 6:33-34).

“Tal como Jesus venceu o dia seguinte, se O seguirmos, também venceremos!”

Chegue perto de Deus agora. Faça essa oração em voz alta, medite, leve luz para sua casa e sua família!

• Siga Pão de Judá no Instagram

Faça essa Oração

“Oração Assumindo uma posição de invencibilidade”

Misericordioso Pai Celestial, escolho ver a mim mesmo como Tu me vês na pessoa do Teu Filho, o Senhor Jesus Cristo. Escolho ver-me como alguém invencivelmente forte e capaz de realizar tudo o que está em Teu plano para mim. Rejeito as acusações de satanás de que sou irremediavelmente fraco e derrotado. Aceito a minha grande dificuldade atual como um chamado para renovar a visão da vitória do meu Senhor.

Ajuda-me a concentrar a minha atenção na majestade, no poder e na soberana grandeza do meu Pai Celestial, que de modo algum pode falhar. Ajuda-me a ver que em minha união com Cristo sou mais que vencedor, que o fardo das minhas provações se torne uma manifestação do fardo do Senhor. Que esse fardo se manifeste em lágrimas de preocupações, horas de jejuns e oração. Escolho não me esquivar do fardo que Tu desejas que eu carregue. Reconheço Senhor, que é principalmente o meu próprio pecado e as minhas falhas que trouxeram essa intensa provação. Arrependo-me profundamente dos meus pecados de………. (cite cada um dos erros que você percebe que comete). Limpa-me no sangue do meu Salvador.

Tomo de volta de satanás todo o terreno que lhe conferi com meus pecados e transgressões, com a autoridade da cruz, reivindico todo esse terreno para o Senhor Jesus Cristo. Precioso Senhor Jesus Cristo, Tu me prometeste jamais me deixar ou me abandonar. Sei que isso é verdade e ousadamente afirmo: “o Senhor é o meu auxílio, não temerei”. Firmado na fé, resisto ao diabo e ao seu reino. Ordeno que satanás e seus demônios me deixem e dirijam-se para onde o Senhor Jesus Cristo os enviar.

Pai Celeste, aceito e escolho desfrutar de tudo o que está escrito no pergaminho da Tua vontade para mim. Obrigado porque posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Farei a Tua vontade, aceitando a minha responsabilidade de ser forte, farei com a Tua força aquilo que sei ser a Tua vontade.

Obrigado, Amado Pai Celeste porque mediante o Senhor Jesus Cristo ouviste a minha oração e me farás andar como alguém tão forte no Senhor, que mesmo as estratégias mais poderosas de satanás já estarão derrotadas. Oro em nome do Senhor Jesus Cristo e para Tua glória.

Amém.