Canela,

18 de abril de 2024

Anuncie

Fê Brandão

EU VEJO VOCÊ

Fernanda Rosa Brandão

EU VEJO VOCÊ – Não são as crianças e adolescentes que estão “perdidos”, somos nós

Compartilhe:

Eu e você estamos empurrando a responsabilidade do encaminhamento das nossas crianças e adolescentes, para longe de nós. Criticamos e julgamos nossos pais, por serem rígidos, mas fizeram o que sabiam para nos encaminhar e educar de forma simples e intuitiva.

E nós, graças a tecnologia, estamos culpando e tirando a parte que nos cabe como adultos, e com mais experiência, mas não com tanta invenção e novidade rápida na palma das mãos.

Imediatismo e ansiedade em todos os lugares. Não temos tempo e nem paciência para aguardar por uma resposta, por um contato e por um resultado.

E não são as crianças e adolescentes que estão “perdidos”. Os “perdidos” somos nós que não sabemos como orientar e mostrar o caminho que podem escolher. O cérebro deles não está totalmente formado, por isso não tem clareza de muitas coisas.

Eu e você com nossas experiências boas e ruins podemos orientar e mostrar o que talvez funcione nos dias atuais e o mais importante, quer dizer, vou dizer essencial é a COMUNICAÇÃO.

Escutar e entender o que se passa, como se sente e a partir desta troca, chegar em um plano de ação. Lembro quando era muito jovem, muitos perguntavam o que seria na vida…e eu não sabia, não tinha a mínima ideia. E por ter passado por esta experiência, hoje sei exatamente como é não saber, simplesmente NÃO saber.

• Siga Fernanda Brandão no Instagram

É preciso trazer a responsabilidade para mim e encarar as formas de chegar a um bom resultado. Nem sempre vai ser a coisa certa, mas só saberei se tentar e traçar um plano de ação.

Importante que as crianças e adolescentes saibam que podem contar e confiar com meu apoio. E devo deixar claro que não sei tudo, que também tenho dúvidas e medos, pois muitas vezes, acham que somos super pessoas….que somos imbatíveis. E isso não é real, e quando exponho as minhas dificuldades e anseios eles se sentem vistos e acolhidos.

Outra coisa importante é passar tranquilidade para que possam errar, ter dúvidas e recorrer a mim quando estiver inseguro e com medo. Assim durante sua vida, quando estiver em situações de dúvida sabe a quem recorrer e buscar alguma palavra de sabedoria e apoio.

Tenho atendido famílias as quais buscam por orientação de como lidar e conviver com suas crianças e adolescentes, e fico feliz por darem este passo e buscar conhecimento a respeito. Porque quando não sei, preciso buscar auxílio para lidar com a situação e assim ter a chance de aprender e passar adiante e estar atenta aos resultados.

Quando busco auxílio e conhecimento estou assumindo a minha responsabilidade diante da vida destes seres que estão em crescimento e em construção. É mais fácil encontrar um responsável e afastar o que me cabe, porém muito mais honesto é trazer para mim e aprender com as situações, afinal somos uma família e as trocas são essenciais.

Quando olho para as situações desafiadoras com nossas crianças e adolescentes, o foco tem que ser na solução do conflito, assim a energia que vou colocar no acontecido está direcionada e um bom resultado. E não esqueça: “EU VEJO VOCÊ.”