Canela,

15 de abril de 2024

Anuncie

Criminosos que ameaçaram policiais em Canela foram indiciados

Compartilhe:

Nove deles foram presos durante a Operação Pulso Forte e seguem atrás das grades

A Polícia Civil de Canela indiciou nove indivíduos por ameaçar policiais militares. De acordo com as autoridades, esses criminosos, que estão atualmente detidos, têm idades compreendidas entre 20 e 30 anos. O inquérito foi encaminhado ao sistema judiciário no final de agosto.

O delegado Vladimir Medeiros, encarregado da investigação, declarou que durante os depoimentos, os acusados alegaram pertencer a uma facção criminosa e ter conexões com o tráfico de drogas.

Medeiros também observou que o responsável pelo planejamento do crime ainda não foi identificado, porém, o grupo poderá ser acusado de múltiplos delitos, incluindo associação ao tráfico de drogas, ameaça, posse ilegal de arma de fogo, corrupção de menores e tráfico de drogas. As identidades dos suspeitos não foram divulgadas.

Relembrando os acontecimentos, na semana de 14 de agosto, policiais militares da reserva e em atividade da BM de Canela registraram relatos de ameaças verbais que estavam recebendo. De acordo com as denúncias, essas ameaças à vida dos agentes ocorreram pessoalmente, sendo documentadas em locais públicos, especialmente na área central da cidade. O delegado afirmou que um dos policiais chegou a ser abordado por membros do grupo em sua própria residência, na presença de seus familiares.