Canela,

12 de julho de 2024

Anuncie

pao-de-juda.jpg

COLUNA PÃO DE JUDÁ

Pão de Judá

DUAS LUZES • Pão de Judá

Compartilhe:

BLOG DA TV MENORAH

No Evangelho de João, é mencionado dois tipos de luz: a luz do mundo e a luz da vida. A luz do mundo foi aquela que iluminou a consciência dos judeus que acusavam a mulher adúltera. Por meio dessa luz, eles reconheceram que também eram pecadores e retiraram-se em seguida um a um. A mulher permaneceu. Certamente, ela reconheceu seus pecados e deles arrependeu-se, recebendo assim, a luz da vida.

Em João 8:12, está escrito: “De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo, quem me segue não andará nas trevas, pelo contrário, terá a luz da vida”. A luz do mundo, que é a Palavra de Deus, expõe-nos e mostra-nos os nossos erros e pecados. Essa luz, mostra ao homem caído que ele ainda está na velha criação, enquanto a luz da vida leva os homens a terem contato com a vida divina, sendo regenerados e tornando-se nova criação.

O primeiro grande luzeiro, sol, tem luz própria e representa Cristo, a Luz da Vida. O segundo grande luzeiro, lua, que não tem luz própria, sua luz é o reflexo da luz do sol, representa a Igreja, totalmente dependente de Cristo. Assim como, após a criação do sol e da lua houve o surgimento da vida, também em Cristo e na Igreja há o surgimento, o crescimento e a multiplicação da vida espiritual.

Jesus veio para ser a Luz da Vida para os homens. Ele veio para ser a Luz dos homens. Ele é a verdadeira Luz supridora de vida. E, a fim de que essa luz se manifestasse, o próprio Deus, em João 3:17, diz: “Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele”. No versículo 19, está escrito: “O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más”. Por isso, muitos não O querem receber, porque sabem que essa Luz irá expor seus erros e pecados e não estão dispostos a os abandonar. Quem pratica a verdade, aproxima-se da Luz.

Chegue perto de Deus agora. Faça essa oração em voz alta, medite, leve luz para sua casa e sua família!

• Siga Pão de Judá no Instagram

“Oração Cingindo-se com a Verdade”

Em nome do Senhor Jesus Cristo, reivindico a proteção do cinturão da verdade sobre a minha vida, sobre o meu lar, sobre a minha família e sobre o meu trabalho, o qual Deus estabeleceu para a minha vida. Uso o cinturão da verdade diretamente contra satanás e seu reino de trevas. Com determinação, abraço Aquele que é a Verdade, o Senhor Jesus Cristo, como força minha e proteção contra o engano de satanás.

Peço que a verdade da Palavra de Deus assuma um lugar maior em minha vida. Oro para que meu coração possa deleitar-se em estudar e memorizar a verdade da Palavra de Deus. Perdoa-me o pecado de não falar a verdade, mostra-me se em alguma coisa estou sendo ludibriado. Pelo Espírito Santo da Verdade, abre o meu entendimento para as Escrituras e conduz-me à compreensão e para a prática de Suas Palavras de Verdade.

Peço que o Espírito Santo me alerte antes de eu tentar enganar quem quer que seja e que sempre me ajude a não crer nas mentiras de satanás. Obrigado, Senhor, pelos ministérios de Cristo, local de baluarte para Tua Verdade em minha vida, ajuda-me a integrar-me ao corpo de Cristo e ter plena comunhão com os irmãos em Cristo.

Compreendo Senhor Jesus Cristo que a capacidade de ser invencivelmente forte e de conseguir realizar a Tua vontade requer o poder estabilizador do cinturão da verdade. Obrigado por concederes essa peça da armadura divina para a minha vida, eu Te agradeço.

Amém.