Canela,

22 de fevereiro de 2024

Anuncie

Homem tenta estuprar e roubar mulher e é preso pela Brigada Militar de Canela

Compartilhe:

O autor havia saído do presídio no último dia 30, e cumpria condenação em regime semiaberto

Na manhã de terça-feira (07), por volta das 08h30, a Brigada Militar de Canela prendeu, na Rua Osvaldo Aranha, bairro Vila Suzana, o autor de um roubo a pedestre, após tentar estuprar a vítima, fato ocorrido na noite de segunda-feira, na Vila Boeira. O autor havia saído do presídio no último dia 30, e cumpria condenação em regime semiaberto.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

A OCORRÊNCIA

Por volta das 23h de segunda-feira (06), a guarnição foi acionada na Av. Visconde de Mauá, Bairro Vila Boeira, para atender uma ocorrência de roubo. A vítima, de 60 anos, relatou que estava na parada de ônibus, quando um homem chegou e pediu um cigarro. Logo começaram a conversar e de repente lhe puxou e beijou. Como a vítima o empurrou, ele lhe pegou por trás, com uma “gravata”, momento que pegou seu telefone celular e disse que se ela gritasse a mataria, e seguiu a puxando para uma rua escura.

Nesse momento, dois homens que passavam pela rua viram a situação e pararam para ajudá-la, fazendo que o autor largasse e a vítima e corresse. Os dois testemunhas foram atrás do acusado que largou o celular da mulher, e fugiu.

A guarnição realizou buscas, mas não o encontrou. A vítima não ficou lesionada e acredita que o autor pretendia estuprá-la, já que lhe beijou a força, não pediu dinheiro nem pegou sua mochila.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

A PRISÃO

Durante a manhã, um dos homens que parou para ajudar a vítima, visualizou o suspeito do crime da noite anterior, na Rua Osvaldo Aranha, área central. Ele acionou a guarnição que foi ao local e abordou o acusado.

O autor, de 33 anos, com vasta ficha criminal por furtos, roubos, estupro, posses e tráfico de drogas, foi preso em flagrante. Questionado, informou que saiu do presídio no último dia 30. Foi constatado que ele está em regime semiaberto, do sistema prisional. Ele assumiu ter usado de violência para roubar o telefone da vítima na ocorrência da última noite.