Canela,

27 de fevereiro de 2024

Anuncie

Fê Brandão

EU VEJO VOCÊ

Fernanda Rosa Brandão

EU VEJO VOCÊ – Reclamar e jogar ao outro aquilo que te cabe, só te faz ficar cada vez mais enrolada nos desafios

Compartilhe:

O quanto você culpa seu parceiro, sua colega de trabalho, sua funcionária, seu chefe, sua mãe, o governo…

Está buscando alguém para responsabilizar por aquilo que você precisa resolver, encarar e partir para outra. Sim a vida é assim, cada dia um novo desafio, e o mais importante é olhar pra ele e buscar uma solução, porque se ele veio, é porque dá conta de solucionar.

Talvez não seja o desafio mais fácil de encarar, porém não recebe a mochila maior do que pode carregar. E aqui uma observação, será que esta mochila está cheia apenas dos seus desafios, ou você está arrecadando dos outros também para solucionar, se achando responsável e a salvadora do mundo.

Seja responsável pelas suas coisas e encare com atenção e presença, assim os desafios se tornam leves e sempre tem algo pra te ensinar. Reclamar e jogar ao outro aquilo que te cabe, só vai te fazer ficar cada vez mais enrolada nos desafios, pois são teus e enquanto não olhar, eles vão se repetir.

Esta semana eu estava reclamando muito e ao me perceber, decidi fazer diferente, porque quando REclamo estou clamando duas vezes. Parei, respirei e pensei o que poderia fazer para mudar a situação, afinal nada iria mudar com as minhas reclamações.

• Siga Fernanda Brandão no Instagram

Esse processo de estar presente e se observar vai te levar ao lugar de atenção ao que se passa a sua volta e também sempre olhar para o lado bom e buscar por uma solução.

Quando você dá o primeiro passo e decide bater no peito e resolver os seus desafios, imediatamente sua atenção fica nas suas coisas, assim não tem tempo para arrecadar os pesos dos outros e colocar na tua mochila.

Se as crianças estão desafiadoras, pode olhar pra isso e entender qual o motivo. Olhando com amor e buscar uma conversa, escuta ativa, afinal quem não gosta de apenas ser ouvida? Quantas vezes apenas uma escuta, sem opinião e conselhos, é suficiente para ordenar o que estou sentindo e pensando.

Quando tiver a consciência que a pessoa que precisa mudar e fazer diferente: EU, a visão e as cobranças perante a vida mudam. A régua das exigências diminuem, afinal sou eu que estou no foco das cobranças e não os outros.

Você é a única responsável pela vida que tem vivido e pelos resultados bons e ruins. Está sempre plantando e como consequência sempre colhendo, e esta colheita está satisfatória? Ou está querendo colher algo que não plantou? Observe a sua volta, quem lhe cerca, quem lhe segue, quem você segue e usa como exemplo…

Auto responsabilidade é a crença de que você é a única responsável pela vida que tem levado, sendo assim, é a única que pode muda-la. Se está bom, se não está tão bom, parabéns, você tem tudo a ver com isso. Só não use demais o chicote para se cobrar e se punir, está aqui para aprender e se desenvolver, de forma que vai sim errar e isto vai te fazer humana, afinal o erro faz parte de todo crescimento e aprendizado. E não esqueça: “EU VEJO VOCÊ.”