Canela,

24 de fevereiro de 2024

Anuncie

Secretaria da Educação promoveu o II Seminário Cultural Municipal: As Raízes Africanas, Indígenas e Afro-Brasileira

Compartilhe:

Foto: Gabriela Baethgen

O II Seminário Cultural Municipal: As Raízes Africanas, Indígenas e Afro-Brasileira realizado na terça-feira (5.12) no Cidica contou a exposição de trabalhos dos estudantes das Escolas Municipais Rodolfo Schilieper, Ernesto Dornelles, Machado de Assis, Cônego João Marchesi, Barão do Rio Branco, Noeli de Azevedo, Santa Terezinha, Santos Dumont, Bertholdo Oppitz e Balbuíno Boelter .

A atividade também contou com a apresentação cultural ”Todos somos um só”, desenvolvida pelos estudantes da Bertholdo Oppitz. Na sequência o presidente do Conselho Municipal de Educação, Evandro Nunes Mickoleizaki foi o responsável por dar início às discussões, reflexões e construções de novos conhecimentos sobre o tema”Raça: qual o sentido dessa construção sócio-histórica?”.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Para concluir o evento Paulo Sérgio Nunes da Silva, mais conhecido como “Mestre Chocolate”, foi encarregado a falar sobre: ”A capoeira e suas interfaces culturais e sociais”.

No encerramento, o professor de capoeira, Itamar Pacheco e integrantes do grupo de Capoeira Liberdade realizaram uma apresentação.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Durante todo o ano a rede municipal de ensino trabalha em sala de aula a cultura Afro-indígena do Brasil e nos meses de outubro e novembro estudantes se empenharam a apresentar todo conhecimento nesse período, em desenhos, trabalhos voltados à história e a cultura geral dos povos originários do país, culminando com o seminário.

A secretária de educação do município, Janete Santos, fala a respeito da importância do ensino e a valorização da história das raízes brasileiras. “Trabalhar a diversidade cultural diminui as diferenças e fomenta o respeito dentro e fora da escola. Muitas vezes esquecemos de onde viemos e agora, o nosso currículo escolar propõe um trabalho bem completo nessa área”, diz.