Canela,

29 de fevereiro de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

O que se responde e o que se entende

Compartilhe:

Estou cobrindo as férias do meu amigo Braulio Ricardo no seu programa matinal na Clube, o clássico Grande Jornal Regional. Pra quem não sabe o GJR que por décadas foi capitaneado por Pedro Dias é um dos programas noticiosos mais longevos da história do rádio gaúcho.

Enfim, nestes dias estou tendo a oportunidade de entrevistar diversas figuras públicas na nossa cidade. Só esta semana conversei com os vereadores Emília, Jerônimo e Carla Reis além do secretário de Obras e “prefeiturável” para o próximo pleito Marcelo Savi.

Todas as entrevistas renderam, gosto do papel de perguntar e tentar tirar os convidados da zona de conforto. E é exatamente aí que a gente nota que algumas respostas deixam muitos lados para interpretação, e isso pode ficar óbvio ou nem tanto.

De todos os assuntos que tivemos eu vou dizer as minhas percepções, mesmo que muitas vezes elas não tenham sido obtidas através das respostas dos mesmos.

Teremos uma grande dança de cadeiras nas siglas agora na janela partidária. Partidos que até então não figuravam como tradicionais postulantes a cadeiras na câmara podem aparecer bem. O MDB vai ter gente boa tendo que procurar partido por questão de vagas na legenda. Muitos nomes tradicionais de partidos deverão trocar de legenda e nomes clássicos podem abandonar a carreira política, ao menos momentaneamente. Fiz as minhas contas e poderemos ter até 6 vereadores eleitos mudando de partido. Nem estou falando em suplentes.

Sobre a vontade de concorrer ao cargo máximo poderemos ter o seguinte cenário: MDB, Progressistas, Repúblicanos, PSDB, PC do B e mais um partido ainda com candidatos a prefeitura. Se eu acho que isso vai acontecer: não. Mas por um bom tempo acreditava que teríamos apenas duas vias. A situação, com Marcelo Savi ou Luciano Melo como cabeça de chapa e a oposição capitaneada pelo ex-vice prefeito Gilberto Cezar com PDT ou Progressistas com o cargo de vice-prefeito e dando base de apoio. Hoje tendo a acreditar em 3 ou 4 nomes para a disputa. Mas, já diria o ex-treinador colorado que me traz péssimas lembranças: “A verdade de hoje é a mentira de amanhã”, não apenas no futebol.

Sobre as entrevistas em si, notei a Carla extremamente chateada com a falta de suporte que teve enquanto secretária e deixando em aberto seu futuro partidário. Dona Emília tentando tirar um pouco a ideia de que sempre está ao lado da situação em toda e qualquer situação. Jerônimo deixando claro que é antagonista a quem está no poder e não deixando tão claro que segue no PDT. Marcelo Savi é sim um dos nomes eu postulam ser candidatos a prefeito pelo partido de Constantino Orsolim, mas está desconfortável com a indecisão interna, mesmo tendo um bom tempo até a decisão final.

Tem muita coisa para acontecer e teremos tudo mais claro ao fim da janela partidária!

Jerônimo Terra Rolim indica que pode não permanecer no PDT.

Foto: Reprodução/Redes Sociais