Canela,

17 de junho de 2024

Anuncie

Brigada Militar prende quatro pessoas por estelionatos em Gramado

Compartilhe:

Organização criminosa estava chegando na região para novos golpes.

Na manhã de quarta-feira (10/04), a Brigada Militar efetuou a prisão de quatro indivíduos por estelionato, frustrando seus planos de cometer mais crimes e prejudicar novas vítimas. A quadrilha já havia realizado golpes semelhantes em datas anteriores em Canela e Gramado, sendo interceptada enquanto se dirigia para a região, onde planejava continuar suas atividades fraudulentas.

Por volta das 09h30, a guarnição da Força Tática do 1º BPAT, em patrulhamento na RS 115 para o evento Gramado Summit, que teve início naquela manhã, avistou um veículo Fiat Mobi, cor cinza, passando pelo trevo do Serra Park, no Bairro Três Pinheiros, em direção ao centro da cidade. Já era do conhecimento da guarnição que os ocupantes deste veículo estavam envolvidos em uma série de ocorrências de estelionato na região serrana e em outras cidades do estado.

No interior do veículo, estavam três homens e uma mulher, portando quatro telefones celulares, carteiras, cartões de crédito e uma grande quantia em dinheiro. Questionados sobre os crimes, eles admitiram sua participação nos golpes e revelaram fazer parte de um grupo maior de pessoas envolvidas nas atividades fraudulentas. Alegaram também serem responsáveis por golpes recentes em Canela e planejavam cometer novos delitos na região naquele dia. Segundo eles, no dia anterior estiveram na cidade de Vera Cruz aplicando golpes, dividindo igualmente os lucros entre si.

Durante a revista no veículo, foi encontrada uma máquina de cartão de crédito, além de duas bolsas, uma delas contendo roupas utilizadas nos golpes, as quais eram prontamente trocadas após cada ação criminosa para evitar suspeitas em caso de abordagem policial.

A Brigada Militar conseguiu contatar duas vítimas da quadrilha, uma em Canela (no dia 10/04) e outra em Igrejinha (no dia 03/04), ambas reconhecendo os presos como autores do estelionato. Uma das vítimas também identificou uma das bolsas encontradas no carro como sendo a mesma que lhe foi furtada no dia do golpe.

Os quatro autores, sendo a mulher de 43 anos, de Alvorada, e os três homens de Passo Fundo (um de 29 anos com antecedentes por tráfico, furto e receptação, outro de 32 anos com antecedente por estelionato, e o terceiro de 52 anos com antecedentes por disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e diversos estelionatos), foram presos em flagrante por organização criminosa e encaminhados ao presídio.

O golpe
A quadrilha utiliza o golpe do bilhete premiado, no qual um criminoso se aproxima da vítima alegando ser de outra cidade e precisar trocar um grande prêmio da loteria. Com a ajuda de comparsas que confirmam a história, solicitam uma garantia para entregar o bilhete e dividir o suposto valor premiado. Após obterem uma quantia considerável da vítima, fogem.

Alerta contra os golpes
A Brigada Militar ressalta a importância de desconfiar de histórias que oferecem ganhos fáceis e de acionar o telefone 190 ao suspeitar de qualquer situação, permitindo que os policiais militares verifiquem e orientem para evitar cair em golpes.