Início Destaque Reconstituição do Caso Dóris aconteceu na tarde desta terça-feira

Reconstituição do Caso Dóris aconteceu na tarde desta terça-feira

Foto: Divulgação / Polícia Civil
Continua depois da publicidade

O acusado pela morte da jovem Dóris Terra Silva, Luis Paulo da Silva Nunes, 31 anos, foi ouvido na Delegacia de São Chico por pelo menos 30 minutos na tarde de hoje, 23, antes do início da reconstituição do crime.

Após o depoimento, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE), amparados pela Polícia Civil e a Brigada Militar, levaram o criminoso até o local inicial da Perícia, o Supper Rissul.

Foto: Nicole Cavallin

No local, Luis Paulo narrou os fatos e demonstrou como abordou Dóris, que foi representada por uma policial civil num carro do mesmo modelo e ano que o de Dóris. O autor do crime também foi acusado por populares que acompanhavam a Perícia.

Depois de sair do Rissul, a Perícia seguiu até o local do crime fazendo um pequena parada ao lado do mercado O Dia, quando Luis Paulo teria passado do banco de trás do carro para o caroneiro. O trabalho da Perícia finalizou nas proximidades da ERS-020, onde Luis Paulo executou o crime e deixou o corpo de Dóris.

De acordo com a delegada de São Francisco de Paula, Fernanda Seibel Aranha, os golpes de faca foram desferidos quando a jovem já estava fora do carro. Além disso, o inquérito foi concluído em janeiro e agora segue com o poder judiciário. “A reconstituição dos fatos são apenas para enriquecer o trabalho feito até o momento”, enfatizou ela.

Foto: Nicole Cavallin
Foto: Nicole Cavallin

A matéria completa você acompanha na edição impressa da Folha, que sai nesta quinta-feira, dia 25. Mais informações a qualquer momento no Portal da Folha.