Início Polícia Metralhadora pode ter sido usada na execução de um homem em Canela

Metralhadora pode ter sido usada na execução de um homem em Canela

Continua depois da publicidade

Canela registrou mais um homicídio, o quinto do ano, na madrugada desta quinta, 20, na Gustavo Muller, entrada do bairro Chacrão.

Segundo informações da Polícia Civil de Canela, a identidade da vítima foi confirmada como Adalberto Pinto Gomes, de 50 anos de idade.

O crime aconteceu no início da noite de hoje, 20, por volta das 00h30min. Quando a Polícia Civil chegou no local, encontrou o homem já sem vida, caído no chão com diversas perfurações de tiros de arma de fogo.

Na residência estavam familiares da vítima. Relatos preliminares dão contam que três homens, dois deles armados com uma pistola e metralhadora, vestidos com coletes pretos e roupas padronizadas, parecendo farda, invadiram a residência, tiraram o homem do quarto e o levaram para a sala, aonde aconteceu a execução.

A perícia do IGP – Instituto Geral de Perícias foi acionada e após o corpo foi encaminhado ao IML de Taquara para necropsia.

Adalberto, também conhecido como Piti, tinha envolvimento com o jogo do bicho.

No local, foram encontrados 27 estojos de calibres .40 e 9mm.

A Polícia Civil segue investigando o caso.

Maiores informações a qualquer momento no Portal da Folha e a cobertura completa na edição impressa de amanhã, da Folha de Canela.