Início 360 Graus 360 Graus, por Francisco Rocha: Entrevista com o promotor; Arroios em meio...

360 Graus, por Francisco Rocha: Entrevista com o promotor; Arroios em meio urbano; Cassinos na região e Conselhos Municipais

Continua depois da publicidade

Entrevista com o promotor
Entrevistas com o promotor Paulo Vieira são sempre legais, a gente começa com um assunto e fala de tudo. Com tempo, tenho um material em vídeo que vou disponibilizar no Portal da Folha na internet.
Tem dois assuntos que foram tratados na coletiva e que vou trazer na próxima semana que com frequência abordo aqui na minha coluna.
Segurança pública: ainda na sessão da Câmara de segunda passada, o vereador Jerônimo dizia que não sabe como Canela ainda não criou um tipo de ajuda ou auxílio para policiais virem para Canela.
Perguntei na coletiva, para o promotor, o que ele achava do assunto e a resposta é de que é necessário criar algum mecanismo para que os policiais queiram vir para Canela e o auxílio é uma delas.
Questionei sobre o tal apontamento do Tribunal de Contas, que a Prefeitura sempre usa como justificativa para não dar tal auxílio, a resposta foi mais ou menos assim: “o Tribunal realiza uns 100 apontamentos por ano para a Prefeitura de Canela, os outros 99 eles continuam fazendo e não dão bola para os apontamentos, só este do auxílio para policias que eles parecem estar levando a sério”.

Arroios em meio urbano
Tenho ouvido em diversas esferas de profissionais do meio ambiente que o Ministério Público tem trancado qualquer obra no entorno de arroios no centro da cidade e que tentar realizar obras neste sentido era praticamente impossível. A resposta de Vieira foi a seguinte: “é óbvio que se existem arroios ou cursos d’água no meio urbano que se encontram poluídos e sem vida o caminho é a canalização e o fechamento. Ocorre que a Prefeitura, através de seus técnicos, deve fazer um estudo detalhado e o licenciamento destes locais. Ninguém é burro de considerar área de preservação um local que não tem mais nenhum tipo de vida”.
É aquilo; pra bom entendedor, um risco quer dizer Francisco.

Cassinos na região
O vereador de Gramado, Luia Barbacovi, viajou a Brasília e voltou convencido de que em breve os jogos serão liberados no Brasil e que a região vai contar com um Cassino.
Uau, nossa, que baita conclusão. Esse assunto a gente já cansou de cravar o resultado aqui na 360 graus.

Conselhos Municipais
Existe um consenso entre uma parcela da comunidade de que existem apenas dois conselhos municipais que são atuantes na cidade, o do Plano Diretor e o do Meio Ambiente. Que são, isso são, agora atuantes para quem é que é a dúvida.
De qualquer forma, se conselho fosse bom a gente vendia né? Tem uns aqui de Canela que até de graça são caros.

Bons ventos! Tomara!
Diferente de todo este ano, quando se fala em economia, as pessoas parecem estarem mais otimistas.
Muitos acreditam que 2018 será melhor que 2017, que finalmente a curva vai começar a ser para cima.
Tomara! Eu, pessoalmente, tenho muito medo de anos de eleição e de anos de Copa do Mundo.
Mas que a gente já nota uma vibe mais positiva, nota.

Ainda sobre esse pode e não pode
Ainda sobre esse negócio de um poder dizer que pode fazer e o outro não pode, meu sonho de consumo é fazer um programa em vídeo, ao vivo, com Câmara, Judiciário, polícias, Ministério Público e por aí vai.
Todo mundo sentado na mesma mesa e respondendo as perguntas.
Jogo dois cafezinhos ali no João (que é colorado e vai sofrer muita corneta ainda este ano) que ia ter muito agente político sem resposta.

Caderno especial
Encartado nesta edição nosso caderno especial sobre o Profissionais do Ano e Top Canela de Preferência.
Como diz aquela propaganda da Anitta: parabéns a todos os envolvidos.

Grêmio
Dá-lhe Grêmio! #nosvamoacabacomoplaneta Renato é melhor que CR7! Que venha o sábado e o Real Madrid! O resto? Ah, o resto é mi mi mi (só pra rimar)!