Início PáginaDois
Continua depois da publicidade

Hoje, é o dia do Hino Nacional Brasileiro, celebrado sempre em 13 de abril. A escolha dessa data deve-se ao fato de que, na noite do dia 13 de abril de 1831, a música do nosso hino foi tocada pela primeira vez no Teatro São Pedro de Alcântara, na cidade do Rio de Janeiro. Até abril de 1831, o hino considerado “nacional” era o Hino da Independência, composto pelo próprio imperador D. Pedro I.

O responsável pela criação da música do hino, isto é, da parte instrumental, foi o maestro Francisco Manuel da Silva (1795-1865), cofundador da Imperial Academia de Música e do Instituto Nacional de Música.
A música do hino teria sido composta logo após os acontecimentos que marcaram o dia 7 de abril de 1831. Nesse dia, o então imperador D. Pedro I abdicou do trono a favor de seu filho, D. Pedro de Alcântara, futuro D. Pedro II.
A abdicação de D. Pedro ocorreu em razão de pressões políticas internas e externas ao país.
Os brasileiros, entre políticos, artistas, jornalistas e intelectuais, contrários a D. Pedro I e aos lusitanos partidários do imperador, vibraram com a sua abdicação. Francisco Manuel era um deles e compôs o hino para saudar o futuro que viria com o novo imperador, este sim, nascido no Brasil.

Como é de conhecimento, o filho de D. Pedro I, Pedro de Alcântara, nascido no Rio de Janeiro, ainda era uma criança quando houve a abdicação. Foi necessária, portanto, a composição de um regime de governo que preparasse o terreno para o novo imperador. Esse regime ficou conhecido como Regência, ou Período Regencial. Havia, por parte de brasileiros como o maestro Francisco Manuel, uma grande expectativa com relação a essa nova fase da política brasileira. A primeira letra para a música do hino, elaborada por Ovídio Saraiva, refletia bem esse contexto, como pode ser visto em diversas estrofes. Fonte – BrasilEscola.

Portanto, hoje é o dia de um dos grandes símbolos nacionais, que tem uma linda letra e mensagem, que muito nos enaltece.

Os Símbolos Nacionais do Brasil foram definidos na Lei 5.700 de 1º de setembro de 1971. Além de estabelecer quais são os símbolos, esta lei também fez determinações sobre como devem ser usados, padrões e formatos, significados, etc.
Estes símbolos são de extrema importância para nossa nação, pois representam o Brasil dentro e fora do território nacional. Logo, devem ser respeitados por todos os cidadãos brasileiros. Os Símbolos Nacionais são usados em cerimônias, documentos oficiais, eventos e locais oficiais.

São eles.

BANDEIRA NACIONAL: Esfera azul, representando nosso céu estrelado, ao centro com a frase “Ordem e Progresso”. São 27 estrelas, representando os 26 estados e o Distrito Federal. Losango amarelo ao centro representando o ouro. Retângulo verde, representando nossas matas e florestas.

ARMAS NACIONAIS: no centro há um escudo circular sobre uma estrela verde e amarela de cinco pontas. O cruzeiro do sul está ao centro, sobre uma espada. Um ramo de café está na parte direita e um de fumo a esquerda. Uma faixa sobre a parte do punho da espada apresenta a inscrição “República Federativa do Brasil”. Numa outra faixa, abaixo, apresenta-se “15 de novembro” (direita) e “de 1889” (esquerda)

SELO NACIONAL: usado para autenticar documentos oficiais e atos do governo. Usado também para autenticar diplomas e certificados emitidos por unidades de ensino reconhecidas. É representado por uma esfera com as estrelas (semelhante a da bandeira brasileira), apresentando a inscrição: República Federativa do Brasil.

HINO NACIONAL: tocado em solenidades e eventos oficiais do governo, eventos esportivos e culturais e nas escolas, junto com o hasteamento da Bandeira Nacional.

Fonte – Wikipédia.

Em nossa cidade.

A Corsan esteve na Augusto e Borges, limpando as caixas depositaria de esgoto. Problema surgido depois que foi rasgado o asfalto, em função de Obra nova. O que conseguiu, deixar o asfalto com um desnível que tem causado transtorno aos moradores e motoristas, que seguidamente batem a frente dos carros. Resolvido um problema e causado outro.

Tenho caminhado no Parque do Lago e não posso deixar de observar o grande trabalho de limpeza e manutenção que estão fazendo por lá.

Também, a pintura das faixas de segurança em diversas ruas de nosso município.

Espero que a calçada em frente ao Bradesco e Loja Oi venham a ser reparados. Pois calçada em desnível, pedras soltas, ninguém merece, além do perigo que oferece.

Canelense, continue dando preferência para compras e serviços do nosso município.

VEM AÍ: Chá do Abraço, da ABASC. Em prol do hospital de Canela, dia 19 de abril às 17h 30 min, no Grande hotel Canela.

Continuem prestigiando o Brechó da ABASC, junto ao Hospital de Canela, segundas, quintas e sextas à tarde.