Início Segurança Não basta regularizar. É preciso coibir novos assentamentos e invasões!

Não basta regularizar. É preciso coibir novos assentamentos e invasões!

Foto: Francisco Rocha
Continua depois da publicidade

Menos de um mês após a Prefeitura de Canela anunciar a regularização fundiária de loteamentos irregulares, a redação da Folha de Canela recebeu a denúncia da construção de novas casas em um dos locais que estaria sendo legalizado.
Pelo menos três novas casas estavam sendo levantadas no, chamado, loteamento Edgar Haack, fato que foi comprovado pela reportagem em visita ao local.
Em contato com a Prefeitura, o departamento de Comunicação informou que o secretário de Assistência Social foi ao local conferir a denúncia e que a casa que estava sendo levantada no Edgar Haack na verdade é uma reforma de residência que já estava cadastrada pela Prefeitura e está no programa de regularização.
Já, outras duas, são de um novo loteamento irregular, um pouco a frente, que deve ser legalizado em novo programa de regularização fundiária.

O perigo das áreas invadidas
Áreas invadidas, infelizmente são rotinas na cidade de Canela, assim como loteamentos irregulares.
Depois, o poder público tem que investir dinheiro para resolver problemas como os que acontecem no, chamado, loteamento, Adão Miroti.
Como pode ser visto, um novo loteamento irregular cresce ao lado de uma área a ser regularizada.
Falta fiscalização em Canela. Já é normal e depois estes assentamentos viram comunidades, com problema de abastecimento de água e energia elétrica.
São os mesmos erros sendo repetidos ano após ano. Não basta regularizar as áreas já consolidadas. A melhor maneira de evitar estes problemas é fiscalização, coibindo novos assentamentos.
Até quando Canela vai conviver com isso?