Início Polícia Jovem é executado com mais de 18 tiros em disputa do tráfico...

Jovem é executado com mais de 18 tiros em disputa do tráfico de drogas em Canela

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook
Continua depois da publicidade

Mais uma morte relacionada a disputa entre facções que comando o tráfico de drogas foi registrada em Canela.

O crime aconteceu na madrugada desta sexta,18, quando Ruã Velho de Souza, 24 anos, foi morto a tiros em sua residência, na Rua Primeiro de Janeiro, entrada da Vila Santa Marta, por volta das 04h25min.

O local era o principal ponto de tráfico deste bairro e a vítima registrava antecedentes criminais por tráfico de drogas, receptação, ameaça, lesão, porte ilegal de arma de fogo e era ainda suspeito de praticar homicídio, já cumprindo prisão preventiva.

Segundo informações, cerca de quatro indivíduos tripulando um veículo VW/Cross Fox vermelho participaram da execução, arrombando a casa. Eles estavam encapuzados e fizeram algo em torno de 18 disparos de arma de fogo em direção a Ruã.

A Polícia Civil estima que 15 disparos de calibre 9mm, no peito, braço e cabeça, atingiram o jovem que morreu no local.

O veículo utilizado pelos executores foi posteriormente abandonado e incendiado na Rua 28, lateral ao aeroporto de Canela.

A Polícia Civil investiga o caso.

Este foi o segundo homicídio do ano na cidade. O primeiro havia sido registrado em 04 de março, em situação muito semelhante, quando quatro homens sequestraram e executaram William Da Rosa Gross da Silva, 20 anos, também em disputa pelo tráfico de drogas.

Bairro volta a sofrer com o tráfico

Apesar do trabalho incansável da Polícia Civil de Canela, diversos traficantes e lideranças do crime na cidade voltaram à Vila Santa Marta.

Muitos deles, apesar de já terem sido presos entre 2015 e 2016, cerca de 24 traficantes daquela região, estão em liberdade, alguns com tornozeleira ou respondendo processo em liberdade.

Esta situação gera conflitos não apenas entre facções, mas também entre os traficantes, que buscam voltar a dominar a venda de drogas na região.

Mais informações a qualquer momento aqui no Portal da Folha.

Foto: Reprodução/DP Canela