Início Publicidade Diagnóstica traz novo conceito de laboratório de exames para a Região

Diagnóstica traz novo conceito de laboratório de exames para a Região

Fotos: Francisco Rocha - Diogo Moeller Farias, em frente ao laboratório de Gramado
Continua depois da publicidade
Bianca Monks, no espaço de acolhimento de gestantes

Atendimento diferenciado em espaço acolhedor, é desta forma que o laboratório de exames clínicos Diagnóstica chegou em Canela e Gramado, agregando cada vez mais clientes.
Fundado em 2005, na cidade de Dois Irmãos, é referência em análises clínicas na região do Vale dos Sinos e trouxe para a Região das Hortênsias não apenas sua experiência na área, através de uma equipe multiprofissionais capacitada em exames e atendimentos.
Segundo o bioquímico Diego Moeller Farias, um dos proprietários do laboratório, a utilização de tecnologia avançada e equipamentos de última geração garante a precisão e qualidade dos laudos. E não para por aí, a estrutura montada em Gramado vai receber, dentro de alguns meses, um moderno laboratório, o que possibilitará que os exames coletados na região sejam feitos aqui mesmo, dando ainda mais agilidade ao processo.
Seremos o único laboratório de Gramado a realizar as análises na cidade”, garante Farias, que destaca ainda a localização dos laboratórios em Canela e Gramado, em locais de fácil acesso e próximo dos principais centros médicos.
Em Canela, o Diagnóstica está localizado na Rua Visconde de Mauá, 150, em frente ao Hospital e já está em processo de ampliação.
Em Gramado, na Rua São Pedro, 752, sala 05, conta com uma estrutura que em breve abrigará o laboratório de exames com o que há de mais moderno em análises na Região.

Crianças recebem certificado de coragem e medalha de honra

Crianças e gestantes
Outro diferencial do Diagnóstica é o espaço planejado para receber crianças e gestantes, como conta a biomédica Bianca Bauer Monks, também proprietária do laboratório.
Segundo ela, “os espaços foram pensados para passar conforto e segurança dos pacientes”. As crianças, por exemplo, recebem uma medalha e um certificado de coragem.
Os funcionários foram capacitados para este acolhimento e atendimento pediátrico e “é possível ver a satisfação das pessoas após o atendimento”.