Início Canela Falta mobilidade: em razão das obras, tudo trancado

Falta mobilidade: em razão das obras, tudo trancado

Francisco Rocha - No entrocamento da Rua Danton Corrêa da Silva com a RS235, saída de Canela, agentes de trânsito liberam uma pista de cada vez. Engarrafamento vem desde o Centro de Feiras
Continua depois da publicidade

Prefeitura contratou assessoria para Plano de Mobilidade nesta semana

Durante esta semana, diversos leitores da Folha entraram em contato com a redação para reclamar do trânsito lento, ou trancado, principalmente nos pontos de acesso ao centro a partir da RS235 (Estrada Canela-Gramado).

A situação ficou mais grave após a obstrução da Av. Osvaldo Aranha e das obras que acontecem na Danton Corrêa da Silva, Melvin Jones e Rodolfo Schlieper, fazendo com que, em alguns horários, o engarrafamento chegue a mais de 500 metros na Rua Tenente Manoel Corrêa.

Nossa reportagem perguntou à Prefeitura de Canela quanto às outras obras que acontecem na cidade, como na Melvin Jones, Rodolfo Schlieper e Danton Corrêa da Silva, por qual motivo as mesmas acontecem simultaneamente, uma vez que as ruas Osvaldo Aranha e Paul Harris estão obstruídas? Questionamos ainda se houve um planejamento para que estas obras acontecessem ao mesmo tempo e a justificativa para esse trânsito atrapalhado e a falta de mobilidade urbana.

Contraponto

Através do Departamento de Comunicação Social e Assessoria de Imprensa, a Prefeitura de Canela, informou o que segue:
Após um longo período de estagnação no que refere-se a obras públicas de mobilidade urbana, que acarretou em inúmeros problemas que conflitam entre si, a cidade de Canela voltou a receber investimentos graças ao poder de articulação política da atual Administração Municipal. Isso faz com que Canela viva uma realidade diferenciada da maioria dos municípios do País, executando diversas obras em um período de crise financeira. Em relação ao planejamento, a Prefeitura de Canela encaminhou aos órgãos competentes vários projetos ainda em 2017 visando solucionar os problemas de infraestrutura urbana existentes no município. Por forças contratuais o Município deve seguir os cronogramas estabelecidos pelos órgãos que aportam estes recursos, formalizando convênios, processos licitatórios e seguindo prazos de início e término a serem cumpridos em cada obra. Sobre o trânsito carregado na cidade, nesta quarta-feira – 7 de novembro, o prefeito Constantino Orsolin assinou o Termo de Início de Serviço para a contratação de um Plano Diretor de Mobilidade Urbana para Canela, com o intuito de acabar ou ao menos amenizar esta problemática.