Promotor de Canela sugere que Estado fique com o Caracol e Canela com a água

Continua depois da publicidade

Em entrevista coletiva na manhã de hoje (7), quando anunciou decisão liminar que determina afastamento do Secretário Paulo Tomasini das funções públicas, o promotor de Justiça da Comarca de Canela, Paulo Eduardo de Almeida Vieira disse que Canela iria ganhar, deixando o Caracol para o Estado e retomando água e esgoto da Corsan.
Confira a entrevista completa: