Início Meio Ambiente Após denúncias, Corsan está contra a parede

Após denúncias, Corsan está contra a parede

Foto: Filipe Rocha - Saída do extravasor da Estação de Bombeamento, com esgoto cloacal que estava sendo lançado direto no lago
Continua depois da publicidade

Preocupou, e muito, a verificação do lançamento de esgoto cloacal bruto na barragem da Vila Suzana, por má operação da Estação de Bombeamento da Corsan. O fato foi flagrado pela reportagem da Folha de Canela no último dia 22 e estampou a capa daquela semana.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente esteve no local e coletou amostras, enviadas a laboratório para análise, comprovando tecnicamente o crime ambiental, com índices de poluição que ultrapassam em 20 vezes o permitido pela legislação, comprovando que a companhia lançava esgoto puro na natureza.

Sem conversa na Prefeitura

Ainda na semana passada, representantes da Corsan estiveram na Prefeitura de Canela e não foram recebidos pelo prefeito Constantino Orsolin. De alguns secretários presentes na reunião, ouviram que o Município não vai ser conivente com a maneira que a companhia está atuando na cidade.