Início Polícia Assaltos e sequestros em Gramado: PC apreende carabina e prende novo suspeito...

Assaltos e sequestros em Gramado: PC apreende carabina e prende novo suspeito em Taquara. BM segue o cerco em Canela

Carabina de fabricação russa foi apreendida em Taquara
Continua depois da publicidade

Na tarde de terça (5), em cumprimento a mandado de busca e apreensão, a Polícia Civil de Gramado, com apoio das delegacias de Canela, Igrejinha, Três Coroas e Taquara, apreendeu uma carabina, calibre 12, de origem russa, modelo AK, com a numeração raspada, além de carregadores e munições do mesmo calibre, em uma residência na cidade de Taquara.

Também foi preso o homem que tinha a posse do armamento. A medida, autorizada pela Justiça, foi executada no âmbito da investigação que apura os recentes roubos, com privação da liberdade, tendo como alvos empresários de Gramado, que resultou em cerco policial em que dois policiais civis foram atropelados, além de diversos confrontos com intensa troca de tiros, com diversas tentativas de homicídio contra policiais civis.

Este é o oitavo suspeito preso no curso da investigação, sendo que um dos criminosos, Roberto Filipiak de Souza, 42 anos, morreu no último confronto com a Polícia Civil.

Suspeito de ser integrante da quadrilha foi preso em Taquara
Fotos: Reprodução/PC-RS

A investigação apurou que o homem, preso na terça, guardava o armamento para a quadrilha responsável pelos recentes crimes na cidade. Trata-se de armamento raro, com alto poder de fogo. O suspeito preso ainda usava documento falso, sendo apurado que havia contra ele três mandados de prisão por homicídios tentados e consumados, além de possuir antecedentes por furtos e roubos. Em razão disso, além da autuação em flagrante, será dado cumprimento aos mandados de prisão contra o investigado.

Cerco continua

A Brigada Militar mantém forte efetivo no cerco realizado entre as localidades do Caracol, Banhado Grande e Ulisses de Abreu (Tiririca), em Canela, aonde acredita que possa estar o nono integrante da quadrilha, que fugiu para a mata após ser localizado pela BM, no domingo (3).

O homem procurado é Dejair Filipiak de Souza, 45 anos, irmão de Roberto. Os irmãos seriam, segundo a PC, os líderes e elos violentos da quadrilha. Entre os casos que figuram no histórico criminal de Dejair consta um roubo a carro-forte em Nova Hartz, no Vale do Sinos, em 2002. Dias após o crime, ele e um comparsa foram presos.

Cerco na localidade do Caracol, na manhã de hoje
Foto: Ângelo De Zorzi/BM

Três mulheres suspeitas de participação no resgate aos fugitivos foram soltas na segunda-feira (4). Segundo o jornal Zero Hora, seguem detidos Marlei da Silva Ramos, 36 anos, Francisco Alexandro Ferreira Maciel, 33 anos e Leandro Schuh, 41 anos. A suspeita é de que Ramos estivesse com os irmãos durante o sequestro de sexta-feira (1).