Início Saúde Prefeitura responde denúncia do vereador Jerônimo sobre o raio-x do HCC

Prefeitura responde denúncia do vereador Jerônimo sobre o raio-x do HCC

Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Canela enviou, na tarde desta terça (10), através de seu departamento de comunicação, um pedido de direito de resposta que foi feito à Câmara Municipal de Vereadores de Canela.

A Folha de Canela, mesmo sem obrigatoriedade de publicação do texto, optou por divulgar a nota oficial, como informação aos seus leitores, a qual transcrevemos abaixo, na íntegra.

DIREITO DE RESPOSTA

Em contraponto às manifestações do vereador Jerônimo Terra Rolim na sessão ordinária da Câmara Municipal do dia 9 do corrente, a respeito do serviço de raio-x no Hospital de Caridade de Canela, a Secretaria Municipal de Saúde e a comissão interventora da casa de saúde esclarecem:

Quando ocorreu a intervenção no HCC, em 23 de abril de 2019, os exames de raio-x eram realizados pela Intelimagem, em sala cedida pelo hospital. A Intelimagem era dona dos equipamentos, responsável pelo pessoal e a única que tinha chave e acesso à sala onde ficavam os equipamentos de raio-x. Por isso, não procede a acusação do vereador de que o raio-x havia queimado por inoperância de algum funcionário do HCC.

Saliente-se que, no dia 8 de julho do corrente, a diretora da Intelimagem, Debora Tristão, em e-mail enviado à comissão interventora, disse que a queima do aparelho ocorrera devido à “oscilação da rede elétrica”, querendo que o próprio HCC custeasse o conserto, sendo que a operacionalização e os cuidados com quedas de energia cabiam ao funcionário da Intelimagem. Não havia contrato formalizado que definia claramente as responsabilidades de cada parte. O tomógrafo, também de responsabilidade da Intelimagem, nunca funcionou.

A Intelimagem tem um processo judicial no qual cobra valores que teriam ficado em aberto no passado. A empresa manifestou interesse em trocar essa dívida pela cedência de espaço para colocar em funcionamento sua clínica com tomografia e raio-x. A primeira proposta foi de que o Hospital teria que fazer o investimento para reformar e adequar o espaço e ceder gratuitamente as salas para a Intelimagem por cinco anos. Obviamente, a Administração não concordaria com isso.

No início do mês de outubro, em virtude da necessidade de retirar seus equipamentos do Hospital Arcanjo São Miguel de Gramado, a Intelimagem procurou a equipe de intervenção para disponibilizar ao Hospital de Caridade de Canela o aparelho então usado na cidade vizinha.

Na reunião de 7 de outubro, ficou acordado que a Intelimagem se instalaria num novo espaço. No dia 16 de outubro, foi enviado à Intelimagem uma minuta do contrato, com todas as condições combinadas em reunião. Acertada uma nova reunião para o dia 24 do mês para instalação do raio-x e tomografia ainda até o final do ano, a reunião foi adiada a pedido da Intelimagem, que no dia 1º/11/2019 enviou e-mail dizendo que não aceitaria a proposta, a menos que fosse instalada também a tomografia e assegurado um número mínimo de exames – dez por dia.

Considerando o e-mail enviado em 4/10/2019, no qual informa que o horário de funcionamento do raio-x no HCC seria só até as 16h30; considerando que no mês de julho o equipamento ficou parado por mais de um mês; considerando que é inconcebível um hospital do porte do HCC ter total dependência de serviços de terceiros para a realização de exames fundamentais, como um raio-x, a equipe diretiva do HCC decidiu por realizar o investimento e adquirir um aparelho de raio-X digital próprio, de modo a garantir o funcionamento do raio-x 24 horas em Canela, sem necessidade de deslocamento para Gramado, o que continuaria acontecendo com a Intelimagem após as 16h30.

Ainda sobre o dia 1º/11/2019, depois de várias reuniões, novamente as condições não foram aceitas pela Intelimagem. Então, o Hospital de Caridade de Canela decidiu adquirir um equipamento de raio-x digital com esforço do próprio HCC. É mais um sinal de que se faz um trabalho sério e responsável, visando unicamente a tornar o nosso Hospital de Caridade de Canela autossuficiente e capaz de andar com suas próprias pernas, prestando um serviço de qualidade para a nossa população.

Aproveitando, estamos aprovando na Vigilância Sanitária o projeto da sala onde ficará o novo aparelho de raio-x, totalmente digital e de moderna tecnologia. E isso é fazer gestão responsável. O aparelho foi adquirido pelo HCC, com pagamento no dia 4 deste mês de dezembro, totalizando R$ 265 mil (R$ 120 mil do raio-x e R$ 145 mil com serviço de impressão e detecção dos exames).

Por toda a adequação a ser feita, o aparelho poderá levar até 120 dias para entrar em funcionamento, mas, assim que disponibilizado, sua operação resultará em mais economia para o HCC, assim como outras medidas tomadas pela comissão interventora que resultaram em não desperdício de dinheiro público.

Enquanto são providenciadas as reformas na sala para atender às normas da vigilância sanitária, continua sendo necessário o deslocamento a Gramado depois das 20 horas, nos feriados e fins de semana. Apesar de a Intelimagem ter sido – e continua sendo – um importante parceiro, o HCC entende não ter que se submeter às condições impostas por quaisquer de seus prestadores.

A Prefeitura de Canela e a comissão interventora do HCC nada têm a esconder a respeito da gestão hospitalar, e sabem que o caminho ainda é longo para recuperar a saúde financeira da nossa única casa de saúde.

O trabalho seguirá, com todos os atos colocados à disposição do poder público e da sociedade, respeitando o direito de manifestação de todas as partes com equilíbrio e de forma construtiva. Com a ajuda de todos é que se conseguirá tirar o HCC da atual situação, e não com manifestações em desencontro com a verdade dos fatos.