Início Estado Pedidos de seguro-desemprego aumentam 13,4% no primeiro quadrimestre no RS

Pedidos de seguro-desemprego aumentam 13,4% no primeiro quadrimestre no RS

Continua depois da publicidade

Os pedidos do benefício do seguro-desemprego aumentaram 13,4% de janeiro a abril de 2020 no RS em comparação ao mesmo período de 2019. No primeiro quadrimestre, foram recebidas 145.155 solicitações do benefício em 2020 e 127.937, em 2019, no Estado, através das Agências FGTAS/Sine e dos canais digitais. No período, também houve aumento no número de benefícios requeridos pelos canais digitais. Em 2019, foram recebidas 1.474 solicitações digitais, ao passo que, em 2020, esse número chegou a 60.671.

Confira, na tabela a seguir, os dados mensais de requerimentos: 

ANOCOMPETÊNCIAREQUERIMENTO DIGITALREQUERIMENTO PRESENCIALTOTAL
2020Janeiro2.67729.64932.326
 Fevereiro2.54824.93427.482
 Março10.47422.17032.644
 Abril44.9727.73152.703
2019Janeiro46231.14731.609
 Fevereiro28429.27829.562
 Março37830.06830.446
 Abril35035.97036.320

De 23 de março a 30 de abril, o atendimento presencial nas Agências FGTAS/Sine esteve suspenso como medida de prevenção ao coronavírus. No período, foi estabelecido o regime de teletrabalho e mantido o atendimento à população por telefone, whats app e e-mail, além dos canais digitais. Ao todo, foram prestados 17.372 atendimentos na modalidade de trabalho remoto, o que equivale a uma média de 620 atendimentos diários. O atendimento presencial foi restabelecido na última segunda-feira (11), nas Agências FGTAS/Sine.

Atualmente, 126 unidades dispõem de atendimento presencial de encaminhamento de seguro-desemprego no RS. O funcionamento de todas as agências coordenadas pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) é de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. É permitida a entrada e permanência de público equivalente ao número de atendentes da FGTAS disponível nas unidades. É obrigatório, ainda, o uso de máscara e distância de, no mínimo, dois metros entre os trabalhadores que aguardam atendimento nas filas que se formarem eventualmente

Como solicitar o benefício pela internet
O trabalhador pode realizar o encaminhamento do benefício seguro-desemprego pela internet após sete dias da dispensa, por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital
• Uma vez com acesso à conta, é preciso clicar em “Solicitar Seguro-Desemprego” e informar o número do requerimento que está no comunicado de dispensa.
• Em seguida, confirmar a solicitação e obter um comprovante ao final do processo.
No portal www.gov.br também pode ser encaminhado o benefício. Se a solicitação on-line for concedida automaticamente, receberá a informação de que a emissão das parcelas ocorrerá em 30 dias contados a partir da data de liberação pelo sistema. Caso ocorra problemas no encaminhamento on-line, entre em contato pelo telefone 158. Se o sistema notificar pendências, o cidadão deve enviar e-mail para a Agência FGTAS/Sine da sua cidade para que seja fornecido auxílio nas situações de seguro empregado doméstico, seguro com alvará judicial, seguro por término de contrato ou se o sistema acusar confirmação no posto e divergência de dados cadastrais.

Confira a lista de telefones e e-mails das Agências FGTAS/Sine: 

Canela – (54) 99957.0890 – [email protected]
Gramado – 54 99957.0890 – [email protected]
Igrejinha – (51) 3545.7881 – [email protected]
Nova Petrópolis – (54) 99957.0890 – [email protected]
São Francisco de Paula – (51) 99993.1975 – [email protected]
Taquara – (51) 9634.0545 – [email protected]
Três Coroas – (51) 99874.3646 – [email protected]