Continua depois da publicidade

Esporte que mais cresceu na pandemia, ciclismo conquista adeptos de Canela e Gramado

O ciclismo é uma atividade esportiva que vem conquistando cada vez mais adeptos em Canela e Gramado. Basta dar uma volta pelas principais avenidas da cidade ou pelas estradas de terra que ligam os municípios vizinhos que você encontra pessoas pedalando. Sejam em pequenos grupos ou até mesmo em turmas com mais de 30 pessoas.

Cada vez mais organizados, os grupos tem nomes, uniformes e características próprias, como o Parceiros do Pedal, liderado pela ciclista canelense Carol Pinto, que transmite seu conhecimento de campeã gaúcha de mountain bike para os iniciantes.

Não é novidade que o esporte é uma grande ferramenta de socialização e de evolução do corpo e da mente. E, mesmo que o ciclismo seja um esporte individual, que você pode praticá-lo sozinho, ele leva você a conhecer gente.

Grupo Parceiros do Pedal

Pedalar com mais pessoas pode trazer diversos benefícios ao praticante do ciclismo. Além de ser mais seguro, possibilita conhecer novos trajetos, superar desafios pessoais, ajuda a criar vínculos e aumentar o círculo de amigos.

O Parceiros do Pedal conta com mais de 130 inscritos, cerca da metade são mulheres, assim como a líder do grupo. E não tem nada de sexo frágil. As meninas percorrem distâncias que deixam muitos marmanjos para trás. Alguns pedais que marcados aos domingos são com distâncias entre 50 e 70 quilômetros.

Os grupos de pedais costumam marcar os encontros através de grupos do WhatsApp. Eles são abertos a todos os praticantes da modalidade. Para fazer parte de um é necessário entrar em contato com algum integrante e fazer a solicitação. O Parceiros do Pedal pode ser contatado pelo Instagram @parceirosdopedalcanelaegramado.

Benefícios do pedal

Destaque do ciclismo na região, a atleta Carol Pinto cita algumas vantagens do esporte. Confira:

– Segurança: Mesmo que a rota seja curta e a trilha tenha bastante movimento, pedalar sozinho pode não ser seguro. Além do risco de roubo, há riscos de acidentes, quebra de peças da bicicleta e o tradicional pneu furado. Sozinho, não há para quem pedir ajuda nesses momentos complicados.

– Motivação: Integrar um grupo de pedal pode te ajudar a ir mais longe. A companhia motiva a pedalar até mesmo naqueles dias em que você não está muito a fim ou está cansado. Além disso, ter o apoio de pessoas também te ajudará a evoluir, seja através de ensinamentos básicos como trocar a marcha ou até mesmo a percorrer distâncias mais longas.

– Socialização: O pedal ajuda a aumentar o círculo social. E, acredite, a maioria dos amigos de pedal se tornam amigos pessoais. Muitas pessoas que se conheceram em grupos acabam por descobrir pontos em comum para além da bike, como a profissão ou gostos em comum.

– Meio Ambiente: o ciclismo é um esporte limpo, quanto mais pessoas se moverem em duas rodas, menos poluição. Além disso, as trilhas proporcionam paisagens exuberantes e contato com a natureza.

– Saúde: Ela veio para facilitar a vida do homem. Mas pode ter funções muito mais importantes. A bicicleta, inventada há mais de 500 anos, ainda é uma das grandes aliadas da saúde humana. Pedalar melhora o condicionamento físico, ajuda a combater o estresse e previne doenças como hipertensão, colesterol alto, enfarte, entre outras. O exercício também é o mais recomendado para quem não tem condicionamento físico.

A bicicleta exige pouca capacidade coordenativa e não necessita de muito condicionamento, então é ideal para quem está começando. As pedaladas também são uma forte arma na luta contra o excesso de peso. Como, normalmente, pessoas obesas sentem desconforto nas articulações, o exercício mais recomendado é a bicicleta.

Carolina Souza Pinto
Foto: Francisco Rocha

Como começar?

Para começar a pedalar, uma boa dia é procurar um grupo como o Parceiros do Pedal.

Canela e Gramado também contam com uma loja especializada, a Buxa Bikes. Lá você encontrará profissionais que irão lhe orientar quanto a melhor bicicleta para você começar e quais acessórios utilizar.

Depois é só pedalar.

Para incentivar, o Parceiros do Pedal utiliza um aplicativo que contabiliza a quilometragem feita toda a semana pelos seus integrantes. Toda semana, um homem e uma mulher ganham prêmios pelos seus desempenhos, oferecidos por diversos parceiros, como a própria Buxa Bikes, a Rollen e outras canelenses.

Dicas de saúde

Segundo o Quiropraxista Moisés Luz, vencedor do Prêmio Profissionais do Ano 2020 e também adepto do ciclismo, este é o esporte que mais utiliza o VO2 máximo, que é a capacidade que o corpo tem de transportar o oxigênio.

Já na parte articular, a prática do ciclismo, feita de maneira adequada, fortalece musculatura e articulações.

Segundo Moisés, tamanho e largura do banco deve ser adequada, para proporcionar segurança no pedal, assim como a distância do guidão bicicleta. Ou seja, quanto mais adequada a bicicleta, menor o risco de lesão.

Quiropraxista Moisés Luz