Canela,

18 de maio de 2024

Anuncie

Polícia Civil prende membros de família que controlava o jogo do bicho na cidade

Compartilhe:

Imagens: Reprodução/Polícia Civil

Organização criminosa tinha relação direta com facções e enviava dinheiro para os chefes do tráfico

A Polícia Civil de Canela desarticulou, na tarde desta terça-feira (23), grupo especializado na prática de jogo do bicho na cidade. Foram cumpridas diversas medidas judiciais, sendo duas prisões preventivas, seis mandados de busca e apreensão, sequestro de um imóvel, apreensão de sete veículos, inclusive de alto valor, e bloqueios de valores em conta corrente.

De acordo com o delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, o grupo que comanda a prática de jogo do bicho na cidade vinha sendo monitorado há alguns meses.

A ação policial foi realizada no momento em que o grupo estava reunido em um imóvel localizado no bairro Palace Hotel, local em que funcionava o escritório de controle e contabilidade das apostas. No local foram detidas sete pessoas, sendo o principal líder do grupo, funcionários do crime e motoboys que faziam a arrecadação diária nos pontos de aposta.

Foram apreendidos, ainda, cerca de doze mil reais em dinheiro, valores recém-arrecadados nos pontos de apostas, e vasto material de contabilidade e escritório, além de cinco armas de fogo, entre revólver, pistola e armas longas, e cerca de 200 munições.

A Polícia Civil de Canela informa que o grupo, liderado por uma família, responde a inquérito policial por formação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, posse irregular de arma de fogo e jogos de azar.

Medeiros também informou que os jogos de azar em Canela têm relação direta com o financiamento de facções criminosas que comandam o tráfico de drogas, assaltos e homicídios, sendo os valores arrecadados com as apostas no jogo do bicho encaminhados, em boa parte, para uma organização criminosa.